• Canal Digital Future Print is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Como adotar a impressão digital na decoração?

Como adotar a impressão digital na decoração?

A impressão digital na decoração parece ter chegado para ficar. Afinal, o processo garante muito mais liberdade para escolher a estética, cores e padrões que serão usados para decorar móveis, objetos e paredes. E o melhor de tudo: a preocupação com o material utilizado deixa de ser tão importante.

Com isso, a impressão digital na decoração permite uma gama muito maior de criações. A agilidade oferecida pelo processo ainda permite o lançamento de novas coleções a uma velocidade que, antes, era altamente custosa.

Quer entender um pouco mais sobre como a impressão digital na decoração está abrindo caminhos para explorar um novo mercado? Acompanhe!

Como a impressão digital está revolucionando mercados?

“Até pouco tempo atrás, na indústria da moda, por exemplo, tínhamos de duas a quatro coleções por ano, uma para cada estação. Do ponto de vista do consumidor, não havia muitas razões para compra/troca de itens com frequência, já que os produtos eram sempre muito similares, estação após estação ou, até mesmo, ano após ano“, contextualiza Solivan Szupka, supervisor de marketing da AMPLA.

Szupka diz que, atualmente, o avanço das tecnologias de produção permite que as lojas apresentem de três a quatro coleções para cada estação, no mínimo. Além disso, a indústria cerâmica é outro exemplo de mudanças que estão ocorrendo ao passo em que processo analógico se torna digital. Agora, é possível encontrar diversos lançamentos de padrões no mercado, enquanto que, antigamente, a estética costumava permanecer igual por anos.

“Estes dois exemplos servem para ilustrar como a variedade, disponibilidade e oferta de novos produtos mudaram os hábitos de compra dos consumidores, que passaram a comprar com maior frequência, em ciclos cada vez menores. O que é moda hoje, amanhã já não é mais”, destaca Szupka.

Novas tecnologias, novos padrões de consumo

Quando falamos do setor de decoração, Szupka explica que a lógica é a mesma: “Os consumidores, os meios e as oportunidades estão aí. A pergunta é: como atrair, conquistar e gerar receitas com estes novos consumidores ávidos por novidades, por variedade, que demandam por produtos personalizados, customizados ou exclusivos?”

O fato é que existe um público que enxerga valor nesse dinamismo e, o mais importante, paga por isso – e a tecnologia de impressão digital por jato de tinta entra como uma poderosa ferramenta para os negócios se conectarem a estas demandas.

Szupka exemplifica que a impressão digital na decoração pode ser usada para que as empresas respondam de forma mais rápida ao mercado. Assim, é possível incorporar novas tendências, criar novos designs e lançar novos conceitos, “além de produzir protótipos e testar produtos nos pontos de venda de forma muito ágil, em um curtíssimo espaço de tempo, e atendendo plenamente as necessidades e desejos dos consumidores”, complementa.

Os benefícios da impressão digital na decoração

De acordo com Szupka, os benefícios da impressão digital na decoração são vários. Entre eles, o especialista destaca:

  • Possibilidade de agregar alto valor aos produtos por meio da personalização, da customização ou, até mesmo, do licenciamento de personagens ou de marcas famosas;
  • Possibilidade de reagir de forma rápida e criativa às tendências e mudanças de mercado, pois um novo design pode ser impresso minutos após ser criado;
  • Melhores margens de lucro, uma vez que os custos da impressão digital são lineares. Ou seja, é possível imprimir uma única peça ou milhares delas a qualquer tempo, de forma aleatória, sem custos extras;
  • Devido ao custo linear, a impressão digital permite a criação de pequenos e médios volumes, muitas vezes inviáveis de serem produzidos pela impressão convencional, que utiliza cilindros e matrizes;
  • Principalmente, oferece a possibilidade de desenvolver novos modelos de negócios totalmente alinhados aos novos hábitos dos consumidores, às novas tecnologias digitais de comércio eletrônico e às demandas da indústria 4.0 que estão surgindo.

Os benefícios e aplicações da impressão digital na decoração são vários. De qualquer forma, o fato é que o mercado está mudando e os consumidores estão se tornando mais exigentes. Para tanto, é fundamental apostar em tecnologias que permitam entregar produtos criativos, alinhados às tendências do mercado e que, ao mesmo tempo, não deixem de ser rentáveis para a indústria.

5 dicas para vencer no mercado de impressão digital de grandes formatos

Comunicação Visual em Tecido

A comunicação visual em tecido está crescendo no Brasil, afinal, o substrato conta com características como alta qualidade e versatilidade. Assim, pode ser usado em vitrines, stands, decorações de ambientes, eventos, entre outros.

A grande diversidade trazida pelos tecidos permite obter os mais variados resultados, além de possibilitar uma comunicação com mais leveza e beleza.

Os painéis de tecido, por exemplo, estão conquistando espaço da decoração de diferentes estabelecimentos. Afinal, a sua mistura de formas, texturas e cores permite compor a decoração de qualquer espaço.

Quer entender um pouco mais sobre a comunicação visual em tecido e suas vantagens em relação à lona ou vinil, por exemplo? Siga com a leitura!

Os benefícios da comunicação visual em tecido

“Grande parte do mercado de comunicação visual está migrando para tecido porque a aplicação em impressão digital pode abranger desde lonas até tecidos elásticos. É possível utilizar o substrato para uso interno, em feiras, e também para moda”, explica Carlos Cabanas, diretor geral da Ernetex Indústria e Comércio.

Ao contrário dos já tradicionais painéis em lona, no entanto, os tecidos não deformam com o tempo. Assim, é possível manter a decoração do estabelecimento sempre com uma aparência bonita e de qualidade, aumentando a vida útil da comunicação visual.

Além disso, a comunicação visual em tecido está ganhando espaço pela sofisticação, elegância, modernidade e, inclusive, sustentabilidade que permite trazer ao espaço. Por ser um substrato leve, o tecido ainda ajuda a reduzir custos com o transporte e a facilitar a aplicação na decoração. Assim, as chances de o material ser danificado são muito menores.

Por fim, a comunicação visual em tecido permite o uso de cores muito mais vivas. Dessa forma, o substrato abre portas para que os empresários do segmento possam expandir a sua atuação. Com o tecido, além da comunicação visual, é possível atender a clientes de diversos mercados, como decoração, moda e arquitetura.

Características da impressão em tecido

Normalmente, o poliéster é o tecido mais utilizado para este tipo de trabalho. Afinal, ele é um material que pode ser lavado, que não adquire dobras permanentes e que ainda permite impressões de estampas e imagens em alta resolução. Ainda assim, a impressão pode ser realizada em tecidos como cetim, TNT, lycra, kanvas, microfibra, entre outros.

Para fixar a comunicação ou a peça, é possível usar acabamentos como barras de alumínio, ilhoses ou varão.

Além disso, os painéis em tecido podem ser usados com uma retroiluminação por LED. Assim, eles tornam a mensagem mais atrativa e dão mais impacto à comunicação, mesmo que ela esteja sendo apresentada durante o dia.

Aplicações da comunicação visual em tecido

A impressão visual em tecido é bastante demandada pelo mercado de moda, cenografia e acessórios. No entanto a procura pelo uso do substrato na comunicação visual está crescendo devido ao seus benefícios.

Por ser um material muito versátil, suas aplicações são bastantes abrangentes. É possível, por exemplo, confeccionar roupas com a finalidade de merchandising, bolsas, sacolas, bandeiras e tudo mais o que a criatividade permitir.

A impressão em tecido também é bastante usada para a decoração de ambientes e de eventos. Para você ter uma ideia, ela já aparece com frequência como papel de parede em casas e escritórios. Além de permitir aplicação em móveis e demais peças de decoração.

Com isso, a comunicação visual em tecido abre oportunidades para aumentar o portfólio de produtos e diversificar o negócio. Para tanto, é essencial conhecer a fundo as técnicas de impressão e estar atento  às tendências das áreas. Assim, é possível oferecer itens altamente criativos e de grande qualidade!

Você já trabalha com a impressão em tecido? O que tem achado deste mercado? Conte para a gente nos comentários!

Fontes:

https://www.pigmentum.com.br/site/tendencias-comunicacao-visual/
https://blogserilon.com/2017/10/23/4-razoes-para-investir-em-tecidos-para-comunicacao-visual/
https://www.easysign.com.br/impressao-de-tecido

https://www.shutterstock.com/pt/image-photo/group-twisted-colored-gauze-fabric-textile-617507069?src=9tAxmkomBsmqZNXFCgPHCA-1-13

https://www.shutterstock.com/pt/image-photo/rolls-colorful-fabric-vibrant-background-image-159232031?src=9tAxmkomBsmqZNXFCgPHCA-1-22