Gestão

Quais os 3 principais desafios da sublimação?

Desenvolver um negócio e garantir que ele cresça de forma sustentável não é uma tarefa nada fácil. E com a sublimação não poderia ser diferente. Afinal, estamos falando de um mercado com grande competitividade e de fácil entrada, que faz com que a diferenciação seja de extrema importância. Com isso, os desafios da sublimação envolvem desde o conhecimento das técnicas e dos substratos até uma visão mais voltada para os negócios.

Empreender é diferente de se aventurar

“Iniciar qualquer negócio não é uma tarefa fácil e para mim não foi diferente. Há 12 anos, eu iniciava os meus primeiros passos dentro da sublimação”, conta Pedro Henrique Oliveira, professor de sublimação da PhD Sublimação.

De acordo com Oliveira, os principais desafios da sublimação estão ligados a 3 erros muitos comuns no mercado. São eles:

1. Senso de urgência

“Essa é aquela situação em que o empresário se vê obrigado a ter que pagar os equipamentos recém-adquiridos já com o resultado do seu trabalho ou com a utilização de um seguro desemprego”, exemplifica.

Com isso, toda aposta fica em cima do negócio e a pessoa se vê obrigada a ter um retorno rápido para que consiga seguir com o negócio. E, muitas vezes, esse senso de urgência leva a decisões pouco racionais e que podem prejudicar a empresa.

2. Falta de definição de persona

A persona nada mais é do que a definição de para quem você quer vender. Apesar de ser algo óbvio, Oliveira conta que essa tarefa é ignorada pela maioria das pessoas que entram no mercado: “saber o nicho de atuação, aonde focar as ações de marketing e o desenvolvimento de produtos, é fundamental para ter um bom resultado”.

Para definir a sua persona, é preciso entender dados como faixa etária, classe social e afinidades por estampas dos clientes. Com isso, você já parte de uma base que permitirá mais possibilidades de sucesso.

3. Atuação generalista 

A maioria das empresas de sublimação adotam uma postura generalista. Com isso, investem em muitas máquinas, substratos e insumos e não conseguem se especializar em nenhum nicho.

“Ser uma autoridade é fundamental para o crescimento. Eu, por exemplo, sempre fui focado em canecas personalizadas. Em pouco tempo me tornei uma referência em minha cidade, chegando a comercializar 8.000 caneca/mês. Estávamos em quase todas as lojas rock’n ‘roll do Brasil. Isto é fruto de dedicação somente em um substrato”, complementa o professor.

5 dicas para vencer no mercado de impressão digital de grandes formatos
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *