Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

O que é a técnica do transfer flocado?

O que é a técnica do transfer flocado .jpg
Uma alternativa que você pode avaliar apostar para isso é o transfer flocado. Mas, afinal, o que é essa técnica?

Realizar aplicações variadas em sua empresa do ramo gráfico contribui para tornar o seu negócio mais competitivo e para diversificar seu portfólio de produtos e serviços, de modo a alcançar novos públicos e elevar o ticket médio de seus clientes atuais. Uma alternativa que você pode avaliar apostar para isso é o transfer flocado.

Mas, afinal, o que é essa técnica? Com que finalidade ela pode ser utilizada? Que tipo de material usar? Continue a leitura e saiba mais sobre essas e outras questões.

O que é a técnica do transfer flocado?

Transfer é um processo utilizado para se fazer estamparia localizada. Há diversos tipos, como transfer PU, transfer Plastisol e o transfer flocado.

O transfer flocado é uma técnica que utiliza a prensa em um papel especial flocado. Esse papel flocado pode ser afixado com cola para foil (também chamada termocolante) ou produzido junto a uma etiqueta termocolante de fundo branco, o popular papel OBM.

"O aspecto dos flocos do papel faz com que ele tenha uma aparência de veludo. Assim, o produto final da técnica de transfer flocado ganha uma textura e tridimensionalidade diferenciadas, de alta qualidade, excelente acabamento e toque macio, agregando valor para serviços de personalização de produtos têxteis como camisetas, por exemplo", explica Cesar Augusto, coordenador na Contraste Impressões.

Como é o processo para obter o efeito desejado na técnica de transfer flocado?

O molde do transfer flocado é feito em um material aplicado por meio de uma prensa térmica, sublimando-o. Trata-se de uma evolução do método de flocagem, já que garante maior resistência e rigidez ao produto final.

É importante destacar que o tecido utilizado para a sublimação pode ter como material de base algodão, cetim, nylon, poliéster e outros.

 

Quais são as finalidades e aplicações do transfer flocado?

O transfer flocado, por ter uma aplicação delicada no tecido, é largamente utilizado em roupas íntimas, embora sua aplicabilidade se estenda a diferentes peças de vestuário. A personalização de emblemas em camisas esportivas personalizadas, por exemplo, é outra aplicação possível.

Uma grande vantagem da técnica de transfer flocado é sua versatilidade na personalização, permitindo aplicações impressas em alto relevo, efeitos metalizados, entre outros detalhes.

 

Quais cuidados tomar na hora de utilizar a técnica de transfer flocado?

No momento de escolher a tela para realizar o transfer flocado, é importante considerar que o processo exige uma descarga maior de tinta.

"Uma tela de 32 fios, por exemplo, contém uma malha que permite que a tinta passe pelas camadas do papel flocado, garantindo um melhor resultado", exemplifica o especialista.

A escolha do substrato também é importante para o transfer flocado. Caso você utilize um material termocolante serigráfico, é recomendado utilizar cola de cor transparente ou da cor do papel flocado utilizado, evitando maiores falhas na sublimação posterior.

Lembre-se também de que, por conter mais camadas, o papel OBM do transfer flocado exige uma temperatura maior no processo de sublimação.

"Recomenda-se 210ºC por 40 a 50 segundos na colagem com sublimação, para que a absorção seja completa. Em processos apenas de sublimação, temperaturas menores podem ser utilizadas, entre 170ºC e 180ºC. O acabamento posterior para o transfer flocado pode ser feito por recorte ou plotagem", resume Augusto.

A proteção do liner, isso é, o revestimento no papel para que a tinta não vaze, é, também, essencial. Mesmo em materiais sublimados mais grossos, como algodão, por exemplo, é importante proteger o redor do recorte para que não ocorram erros no momento da sublimação.

Por fim, é importante lembrar de que é sempre indicado realizar testes antes da produção de um lote ou pedido, uma vez que cada tipo de tecido utilizado pode impactar em diferenças em cor. O tempo e a temperatura de transferência também são fatores recomendados a se testar de modo a encontrar a combinação ideal para cada caso em particular.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar