Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Como fazer a manutenção de cabeçotes entupidos

Como fazer a manutenção de cabeçotes entupidos.png
Entenda quais são os passos para desobstruir cabeçotes entupidos em impressoras!

Impressoras sem uso há muito tempo podem passar por ressecamento ou decantação da tinta. Com isso, a saída de tinta dos cartuchos fica entupida, assim como outros componentes, o que leva ao mal funcionamento. Quando a tinta resseca, é preciso realizar uma limpeza da impressora. E assim, se indicam dois caminhos para tanto: pelo sistema (software) ou de modo físico.

Limpeza pelo sistema

Para que a limpeza seja feita pelo software, basta selecionar a respectiva opção, que vai esvaziar a tinta da impressora e retirar os resíduos dos cartuchos e mangueiras. Dessa forma, haverá espaço para a tinta nova. Este tipo de manutenção permite limpar todos os componentes interligados, como cartuchos, mangueiras e o cabeçote de impressão. No entanto, ele pode não ser suficiente, havendo a necessidade da limpeza física.

Limpeza física

Quando a limpeza pelo sistema não funciona, é necessário limpar os componentes de maneira física. Para tanto, você deve retirar os cartuchos e verificar se a saída deles não está ressecada. Caso esteja, o técnico deverá fazer a limpeza com água morna para dissolvê-la. Aqui, também é usada a limpeza com a seringa, que permite tirar a tinta que está na cabeça de impressão. Para isso, é injetado um líquido de solução e o processo é repetido até o cabeçote liberar um jato de água limpo. Limpeza física do tanque de tinta Este é um procedimento parecido com o de cima, porém, ele utiliza apenas a seringa. Com ela, o resíduo de tinta é sugado para retirar a tinta que a limpeza pelo sistema não conseguiu eliminar.

Troca de tinta

Em alguns modelos de máquina, é preciso usar uma pequena chave para liberar a entrada de tinta e, assim, colocá-la no bulk ink. Feito isso, basta colocar as tintas originais no tanque, sempre verificando qual o reservatório correto para cada cor. É importante ressaltar que as cores não devem ser misturadas ou trocadas de lugar, mesmo que os reservatórios estejam limpos.

Ainda, é preciso tomar cuidado com a quantidade de tinta colocada para que ela não ultrapasse o limite do reservatório. Teste após a troca de tinta Depois da limpeza e da troca de tinta, é preciso realizar o processo pelo sistema para esvaziar o tanque de tinta novamente. Aqui, o bulk ink não vai esvaziar. O procedimento apenas suga a tinta do reservatório e a passa por todos os componentes para que ela saia na impressão.

Como resolver problemas de teste de impressão Algumas vezes, após todo o processo de manutenção, pode acontecer de a folha sair em branco no modo de teste. Quando isso acontece, é preciso identificar o problema. A situação pode acontecer por alguns motivos, entre eles, a impressora pode não estar totalmente carregada, o que leva à necessidade de fazer novamente o processo de limpeza pelo sistema. Assim, a impressora vai carregar mais tinta.

O entupimento de cabeçote também pode ter ocorrido. Se for o caso, haverá a necessidade da limpeza física com a solução líquida. Ainda pode existir um problema com outros componentes da máquina, que influenciam no funcionamento da cabeça de impressão. O cabo flat, por exemplo, pode estar com mal contato. Ou ainda podem existir resíduos de água fechando um curto-circuito nos contatos elétricos da cabeça de impressão. Este tipo de problema ocorre quando a secagem não ocorre por completo durante a limpeza e pode queimar a placa.

Cuidados a serem tomados com o cabo flat

É preciso verificar se o cabo que liga a cabeça de impressão à placa da máquina também está limpo e funcionando corretamente. Para testá-lo, é possível usar um multímetro entre as duas pontas do cabo. Além disso, é preciso testar os transmissores que estão na placa mãe da impressora. Vale dizer que estes transmissores podem queimar com bastante facilidade. Portanto, se eles não estiverem funcionando, a cabeça da impressão também não irá funcionar.

Cabeça de impressão sem resposta

Quando a cabeça de impressão não responde, ela pode estar em curto-circuito. Para verificar, também é possível usar o multímetro na saída onde o cabo flat é conectado. Assim, você pode averiguar agulha por agulha.

Passo a passo para evitar entupimento de cabeçote de máquinas

A placa pode estar queimada quando alguns dos conectores está fora do padrão. Nestes casos, ela não pode ser usada pois pode queimar algum dos outros componentes.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar