Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

shutterstock_1464737168.jpg

WEBSUMMIT DIA 3: A conclusão.

Devem surgir mais e mais players interessados em absorver parte desta fatia de dados e absorver parte da comissão sobre a compra de produtos... mas que os demais movimentos como moedas próprias, inclusive a novidade do Facebook deve ter baixíssima aderência uma vez que não soma nada relevante ao usuário na visão dos especialistas deste mercado.

Fabrizzio Topper, CEO DRIVEN.cx e VP de Varejo Digital POPAI Brasil

Último dia do maior evento da economia digital do mundo... mais de 70 mil pessoas de todas as nacionalidades do globo com uma mesma intenção, encontrar meios de fazer parte desta nova economia digital e tecnológica, que movimenta os sonhos e bolsos mais ousados do economia mundial. São dezenas de palcos e centenas de startups fazendo pitchs por toda a parte, tentando encontrar uma forma de transformar em ouro, suas interpretações do que o mundo vai demandar nos próximos anos.

O que vi de mais legal neste último dia, foram os gigantes como AMAZON e EBAY falarem sobre significa para eles, a explosão e difusão das fintechs, e honestamente deixaram claro que enquanto for apenas uma decisão de investidores e não uma adoção real do consumidor e com escalas que justifiquem, não faz sentido algum para eles investir nestas frentes. Tão pouco pareceram acreditar que devam se quer atuar como concorrentes um do outro, uma vez que o mercado é gigante e o digital ainda representa tão pouco do consumo no mundo. Ou seja, devem pensar em como alavancar o mercado como um todo e não disputarem diretamente pela fatia existente.

Também merece destaque discussões riquíssimas sobre o futuro das instituições de crédito e para onde os investimentos devem ir nos próximos anos, no que tange as soluções de pagamento... ao que tudo indica, devem ir para a fragmentação da indústria das bandeiras estabelecidas da Master e Visa. Devem surgir mais e mais players interessados em absorver parte desta fatia de dados e absorver parte da comissão sobre a compra de produtos... mas que os demais movimentos como moedas próprias, inclusive a novidade do Facebook deve ter baixíssima aderência uma vez que não soma nada relevante ao usuário na visão dos especialistas deste mercado.

Mas se fosse possível resumir esta edição do evento, que com certeza não é nem justo diante da sua magnitude e do imenso impacto que ele tem, na sociedade do empreendedorismo tecnológico e digital mundial, eu colocaria na seguinte ordem de insights de orientação ao mercado, ao menos para aqueles que acreditam que precisam inovar ou no mínimo acompanhar o movimento de inovação mundial:

1 - O que vai conectar as pessoas ao seu negócio, será o seu propósito e o que vai sustentar a recorrência será a sua real utilidade e relevância.

2 - Busque individualizar a sua abordagem, sua atuação e oferta de forma que seus clientes se sintam percebidos e valorizados.

3 - Busque captar mais e mais dados para poder operar com inteligência de negócios, mas jamais esqueça que os dados podem estar em suas mãos, mas não são seus. Utilize-os com responsabilidade e cautela.

4 - Automatizar processos será a nova meca da otimização empresarial e será via machine learning nos próximos anos, para liberar as pessoas para explorarem o 100% de suas capacidades criativas.

5 - Robotização não é ficção, é realidade e veio para melhorar a qualidade de vida e potencializar as operações mais diversas, especialmente na área de serviços.

6 - Inovação que não melhora radicalmente algo para as pessoas é apenas pirotecnia e tem a tendência de não chegar a lugar algum. Seja people centric ou não será nada.

7 - São as plataformas pessoais que vão sustentar as marcas daqui em diante e dar voz aos personagens nas empresas, para que falem pelas marcas, não só propaga, como fideliza.

8 - As novas tecnologias com a chegada do 5G, vão criar novas revoluções digitais, desde reconhecimento facial em massa, até streaming instantâneo e realidade aumentada em níveis jamais vistos.

9 - O futuro já chegou, via milhares de startups impulsionadas por sonhos e investidores de todas as dimensões e ele é lindo e otimista!!! Teremos um mundo melhor em breve e ele será não só tecnológico, mas muito mais humanizado.

A mensagem que mais me marcou foi a de que se dermos mais valor as coisas certas, recebermos mais valor das pessoas certas e dito isto, fecho minhas conclusões deste evento que me mostrou de forma muito inspiradora, que o mundo está no caminho certo e que é através da união de uma sociedade digital global que vamos melhorar a vida é a sociedade como um todo para criarmos um mundo mais sustentável e valoroso.

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Feira Futureprint lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar