Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Evolua – tecnologie-se e humanize-se

Evolua – tecnologie-se e humanize-se .png
O mundo está em constante evolução desde sempre. Estudamos sobre processos de evolução molecular, humana, biológica, tecnológica entre tantas outras. O mundo atual com toda essa tecnologia carrega junto mudanças sociais, e isso não permite a nenhum segmento ficar estático.

A falta de movimento, faz com que sua confecção se torne ultrapassada, seja deixada para trás, deixe de ser atrativa, deixe de aparecer nas buscas das grandes redes sociais.

É mercado atual te obriga, te força a pensar fora da caixa, a se atualizar, a se mexer...

A frase seguir pode parecer clichê, mas se encaixa perfeitamente nos dias atuais: _ Não espere resultado diferentes, se você continua a fazer as mesmas coisas.

Então porque muitos acreditam que, fazer e vender roupas é uma arte herdada e passada de geração para geração¿ Que não há necessidade de evoluir este processo¿

Não estou de forma alguma desmerecendo os desbravadores da confecção, muito ao contrário, eles possuem meu respeito e admiração. Antigamente tudo era muito mais desafiador, não tínhamos acesso a informações como hoje. Buscadores, plataformas, comunidades, grupos, etc.

Agora se hoje, temos todas essas facilidades, vamos continuar vivendo como antes¿ Viajando 300, 400, 700 km para encontrar uma oficina de costura¿ Não participando de comunidades pois informação é ouro e não deve ser compartilhada¿ Não experimentando novas formas de vendas, pois a que eu aprendi deu certo até hoje¿

Se você está pensando assim, o que posso dizer, está ficando para trás. Nos meus grupos de mentorias, tenho pessoas de todas as faixas etárias, isso o torna ainda mais rico, fico impressionada em observar o quanto a “molecada” que cresceu dominando ferramentas de tecnologia, conseguem contribuir imensamente com confeccionistas bem mais experientes e os mais experientes em contrapartida, repassam outros tipos de informações.

Mas sem mais delongas, o que desejo trazer hoje com todo esse papo exploratório sobre evolução, mente aberta a aprender, pensar fora da caixa, fazer diferente, é que as confecções que estão se destacando hoje no mercado, descobriram que o diferencial não está no produto e sim nas vendas.

Não entendeu¿ Calma, irei explicar...

Se eu te perguntar o que faz o cliente comprar de você hoje, o que responderia¿

Qualidade¿ Preço mais em conta¿ 

Então, essas coisas têm lá sua importância, mas, deixaram de ser fatores decisivos.

O grande segredo está nas vendas. Unir tecnologia e humanização. Acontece que falar de humanização e tecnologia simultaneamente parece contraditório, não é mesmo¿ Você não faz mais roupas para o cliente. Você faz roupas com o cliente. A tecnologia pode quebrar barreiras físicas e humanização as demais barreiras existentes.

E isto é uma transformação de cultura institucional. Como eu sempre digo, o exemplo arrasta.

Se isso não for uma verdade para líderes e gestores da sua confecção, jamais fará sentido para os demais colaboradores.

As confecções que descobriram este segredo, estão se destacando e saindo a frente. Tomando para si uma boa tarde dos clientes.

Pois conseguir o equilíbrio entre atendimento tecnológico e humanizado requer novos hábitos e muito treino.

Mas qual a definição de atendimento humanizado¿ Nada mais, nada menos que ter empatia pelo outro, enxergando e compreendendo suas necessidades e apresentando soluções eficientes para ele. 

Então é isso, que quero deixar como aprendizado e assunto exploratório e provocativo para hoje. Manter o processo de vendas em evolução tecnológica sim, mas sem perder e ainda evoluindo a humanização.

Abraços e até o próximo texto.

Eduardo Cristian.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar