Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

shutterstock_763370809.jpg

8 pontos que você precisa conhecer sua empresa antes de vender produtos

Ponto crucial de alcançar o sucesso empresarial é conhecer a própria empresa, engana-se quem acha que conhecer a empresa é só pegar os balanços financeiros, saber quantas pessoas trabalham, ou até mesmo saber os melhores meses de venda, conhecer verdadeiramente a empresa

Ponto crucial de alcançar o sucesso empresarial é conhecer a própria empresa, engana-se quem acha que conhecer a empresa é só pegar os balanços financeiros, saber quantas pessoas trabalham, ou até mesmo saber os melhores meses de venda, conhecer verdadeiramente a empresa é ia além disso, é saber o porquê ela existe e qual o posicionamento dela no Mercado, e convenhamos que toda empresa existe para vender algo, seja produto ou experiência então podemos dizer que a alma do negócio é o cliente, sem ele nada seria possível, e para se consolidar no mercado as maiores empresas estão buscando se especializar em nichos para poder atender mais e melhor, e formatando produtos para esse nível de clientes, para que isso seja possível é necessário dedicação e estudos, começando por conhecer o nicho que a sua empresa espera atingir, formatar produtos e serviços para esse nicho, e finalmente atingir uma magnitude e ser uma empresa referência dentro desse nicho.

Algumas dicas para alcançar resultados.

  1. Conhecer o público que você quer atender, brincamos dizendo que você precisa saber quem são, onde andam, como comem e como dormem, mas tem verdade nisso. Procure destacar a sua empresa num determinado nicho, ser forte, em áreas onde as demais concorrentes não são, achar uma brecha no mercado e criar uma oportunidade de negócio exclusivo, essa oportunidade pode ser criada com um produto que solucione uma dor. E principalmente se a demanda da sua localidade for pequena você precisa encontrar algo que te fortaleça no mercado e que nenhuma das outras empresas concorrentes tenham, e nada disso será possível se você não saber qual vai ser seu público.
  2. Conhecer as dores do nicho, quando um determinado produto sana uma dor de um cliente é bem provável que tenham mais clientes com a mesma dor, e principalmente que não saibam que existe uma solução para o problema deles, essa pegada é bem legal porque quando você resolve uma dor dele, você passa a ser autoridade para aquele cliente, e por mais que ele procure seu concorrente por preço você será referência para ele.
  3. Conhecer seus produtos. Mapeando os processos e criando fluxos. Quando conhecemos o nosso produto temos mais poder de argumentação, assim transmitimos mais confiança e credibilidade, tanto na compra da matéria prima para conseguir preços e prazos melhores, como na venda do nosso produto, quanto melhor conhecermos o produto mais objeções poderão ser quebradas, e poderemos responder melhor as incertezas e contestações dos clientes e sabe-se que a venda é a roda do negócio, sem ela a empresa não gira.
  4. Mapear todos os processos para fabricação deles. Nesse ponto você consegue verificar possíveis gargalos na produção, economizar tempo e dinheiro na produção deles, mapear processos é basicamente colocar no papel o passo –a-passo da produção do produto, depois analisar todos os passos e verificar quais precisam ser melhorados ou trocados. Uma dica nesse ponto é ouvir o que o ativo humano tem a dizer, as pessoas envolvidas no processo de fabricação, quando fazem repetidas vezes a mesma coisa, criam macetes para melhorar os processos, e esses macetes podem dar aquele up, que você estava procurando. Uma dica extra na hora mapear processos é pegar aquele melhor funcionário sabe? Aquele que que é muito bom no que faz, todos os setores têm um desses, então crie os fluxos com o passo a passo de como eles fazem, e torne esses fluxos processos padrões, assim o resultado daquele produto será excelente porque sempre será feito daquela forma, já que existirá um processo formatado para ele. Depois é só criar fluxos de cada processo, hoje existem várias ferramentas na internet para baixar e fazer você mesmo, os fluxos te ajudarão a conhecer seu produto e o melhor de tudo será um passo-a-passo para novos colaboradores.
  5. Conhecer as matérias primas e acabamentos, estar antenado nas novas tecnologias e nas mudanças do mercado.
  6. Fazer parcerias com fornecedores, os fornecedores são fontes diretas para conhecermos cada matéria prima, eles sempre vão tirar as nossas dúvidas.
  7. Estudar o maquinário envolvido no processo, plotter, tinta, solda etc., aqui você pode anotar todos os pontos positivos que agregam valor ao seu produto para posicionar e defende-lo o seu produto no mercado.
  8. Investir em MARKETING digital direcionado para o seu público porque tão importante como você conhecer o seu produto é o seu cliente saber que ele existe e onde pode encontrar.

Então, resumidamente quando você tem uma empresa, e formata produtos para outras empresas ou pessoas, e para uma maior eficiência precisa conhecer seu cliente o que ele deseja, onde ele se encontra, do que gosta. Projetando assim produtos específicos para esse público, formatado o produto você otimiza a forma de fabricação, cria processos inibe gargalos, treina a equipe, e faz direcionamento para o maior número de pessoas ou empresas desse nicho por meio do Marketing Direcionado.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar