Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Sitemap


Articles from 2020 In December


Estamparia Têxtil Híbrida Serigrafia / Digital jato de Tinta

Estamparia Têxtil Híbrida Serigrafia  Digital jato de Tinta.jpg

ArtZone mantém um foco constante nas modalidades da estamparia têxtil: Serigrafia e digital direto no tecido (DTF) e digital direto em peças cortadas ou prontas (DTG). Nos últimos anos temos trabalhado bastante com instalações puras e mistas de serigrafia combinada com digital jato de tinta. 

Pela nossa experiência, não cremos que hoje é imprudente tocar uma estamparia somente com serigrafia ou digital, porque hora ou outra você vai precisar combinar os recursos dos dois sistemas.  Exemplos não faltam: provas digitais para venda que possam ser reproduzidas na serigrafia; impressão serigráfica de estampas de meios tons muito longos, próprios para jato de tinta; gravação de telas com fotolitos digitais, com jato de tinta ou laser direto na tela; produções volumosas e rápidas a custo baixo viabilizadas pela serigrafia; impressão com cores exatas difíceis no digital e mais fáceis na serigrafia. (A impressão digital têxtil ainda não lida bem com cores contratadas, memoriais e chapadas).

Untitled design (5).png

 

Metade esquerda: Estampa jato de tinta com pigmentos CMYK impressos sobre base de tinta branca híbrida serigrafia / digital (cabeça e tintas CMYK Epson, resolução 1440x720, Color Strength e Color Boost 40%). Metade direita: Estampa serigráfica com pigmentos CMYK impressos sobre base de tinta branca híbrida serigrafia / digital. Tecido: meia malha preta, 100% algodão.

A serigrafia é ótima depois da gravação OK das telas e acerto das tintas e cores. Gera diferenciais de acabamento, reprodução e solidez de cores planas exatas e endereçadas com segurança. A impressão digital Jato de Tinta é ótima em imagens reticuladas de alta resolução, passagens tonais longas e para tudo que couber em um estoque de CMYK simples ou estendido de 6 a 8 cores de tintas transparentes.  As impressoras Jato de tinta para impressão têxtil de moda, embalagem e outros produtos comerciais não são desenhadas para imprimir em mídias absorventes sem preparação criteriosa para controlar o sangramento e ganho de ponto nas estampas. Também o custo da digital nas tiragens longas, principalmente na concorrência com a serigrafia plana é muito alto.   Há uma tentação que mantemos sob controle na  ArtZone: tentar concorrer com a estamparia jato de tinta usando serigrafia e vice versa. São sistemas diferentes e é perda de tempo fazer com uma o que é próprio para a outra. No entanto, combinar os dois sistemas é um bom caminho e assim é fácil entender que o casamento da serigrafia com a jato de tinta não tem data para acabar.

Lembro aqui quatro trabalhos recentes da ArtZone que mesclam serigrafia e jato de tinta em quatro empresas. O espaço disponível nesta coluna é curto e suficiente para comentar somente um deles.

Temos clientes que trabalham com serigrafia pura e com impressoras DTG (para peças cortadas) e DTF (impressão rolo a rolo) de baixo e de alto volume. As impressoras DTG de um cliente particular são configuradas para tintas de pigmentos CMYK simples e CMYK Estendido de 6 cores somadas a duas cabeças de tinta branca para a estamparia de peças cortadas de fundo tinto. Para resolver o custo alto, esta empresa passou a imprimir a base branca das tiragens maiores com uma tinta híbrida serigrafia-digital que ArtZone formulou junto com um sistema de encaixe que combina a serigrafia e a jato de tinta. O litro do branco digital deste cliente custa mais de R$1500. A tinta híbrida que formulamos custa dez vezes menos e a tela para imprimi-la custa cerca de R$30. (ArtZone não vende tintas. Ensina a fazer para que as empresas contratantes dominem o processo criativo e industrial de ponta a ponta). A produtividade da impressora DTG com tintas 100% digitais, formato A3, não alcança 30 peças/hora. Com o branco híbrido e o CMYK digital, a produtividade é multiplicada por 4 ou 5.

Lotes pequenos de dezenas de peças e grandes de 3000 a 30000 peças de uma mesma estampa CMYK de fundo escuro são bastante comuns nesta empresa.  As provas e produção até 300 peças passaram para a digital e acima disso é resolvido com a serigrafia. Meios tons de prova digital e de produção serigráfica são impressos com as retículas da serigrafia e acima de 60 Lpi. As matrizes serigráficas são gravadas com laser direto.  

Sob nossa visão, o que determinou o sucesso deste acontecimento foi a determinação do empreendedor em chegar a uma condição melhor, mais rápida e mais barata associada a um excelente nível de qualidade de estampa. Estamos orgulhosos de fazer parte desta história.

O seu ponto de vista nunca foi tão importante para o seu sucesso como é AGORA

As mudanças são reais e definitivas, o mundo está se tornando outro e como consequência o sistema de sociedade também está passando por profundas transformações. Preste atenção nesta frase que você acabou de ler e se .jpg

Apesar de não ser a primeira Pandemia da história, está sendo a primeira de real impacto global em pleno século 21, freando até mesmo o capitalismo e colocando todos os habitantes do planeta em isolamento.

Por isso, atire a primeira pedra quem nunca esteve ou está sob a influência dos efeitos colaterais causados por toda essa transformação de realidade que estamos experimentando desde o início da era digital.

Para ficar claro, os efeitos colaterais são as chamadas doenças modernas como ansiedade, estresse, raiva, impaciência, intolerância, radicalismo de diversos tipos, exclusão social, angústia, infelicidade, sobrecarga mental, TOC, taquicardia, arritmia, crise de pânico, desânimo, depressão, esgotamento físico etc.

Onde eu quero chegar com essa reflexão é que, está tudo bem se você, eu, alguém próximo ou distante estiver com dificuldade em se manter de pé frente a toda essa movimentação que está acontecendo. Estamos fazendo o melhor que podemos e o momento pede temperança e reflexão para sairmos dessa vitoriosos e fortalecidos.

As mudanças são reais e definitivas, o mundo está se tornando outro e como consequência o sistema de sociedade também está passando por profundas transformações. Preste atenção nesta frase que você acabou de ler e se não entendeu, relei-a.

Portanto é vital reconhecer e aceitar o fato de que a humanidade está vivenciando um ponto de inflexão onde iremos viver por um determinado período, ouso dizer algumas décadas, intensas mudanças em nossa realidade. Esse é o primeiro passo para se reestabelecer na vida e voltar a prosperar em meio a esta nova realidade.

Quando aceitamos que a mudança é real, nós somos capazes de superar os antigos paradigmas que não servem mais e abrirmos as portas mentais para novos serem edificados. Perceba que nas entrelinhas desse fato, você encontrará a resposta para o equilíbrio em meio a todas essas mudanças.

É simples, efetivo e não lhe custará nada além de consciência, vontade e reflexão. Em troca você conseguirá ressignificar a sua forma de enxergar a vida, alinhando a sua visão acerca do funcionamento da vida nesta nova realidade.

Se você realmente quer ter uma vida melhor e viver uma realidade mais abundante, experimente refletir sobre a sua vida e reprogramar a sua realidade... isso inclui reescrever seus planos pessoais, profissionais e metas para o futuro... Indo muito além disso, reescrevendo também o seu jeito de pensar e compreender a vida, pois a realidade do mundo está muito diferente do que era em 2019... O sistema de sociedade mudou e se queremos não sofrer com isso, devemos nos adaptar.

Caso você ainda não tenha começado a olhar para esse outro lado da vida, menos aparente e mais profundo... Aqui fica o conselho do seu amigo Pedro Dupláa... Uma árvore só se sustenta em pé devido suas raízes bem estabelecidas em terra firme... Isso também é válido para o ser humano, só nos mantemos de pé quando nossas raízes estão bem estabelecidas em terra firme... A Terra em que vivíamos não existe mais... tudo está mudando e devemos aprender novamente como enraizar nossas raízes nela.... Forçando a nossa adaptação para gerar novos tipos de raízes para este novo tipo de terra.

Desejo que este fim de ano seja saudável para você, com bastante reflexão sobre a vida e que as suas decisões estejam mais alinhadas com a nova realidade que estamos iniciando como espécie humana.

 

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Feira Futureprint lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Porque usar tintas látex para impressão

Porque usar tintas látex para impressão.jpg

E-COMMERCE LGPD: o que muda?

E-COMMERCE LGPD o que muda.jpg

PATRICIA COTTI – DRIVEN.CX

Como a LGPD está relacionada à proteção dos dados e à necessidade de solicitar o consentimento do usuário para obter e trabalhar com os seus dados pessoais, fizemos uma lista com as medidas que devem ser providenciadas pelos e-commerces para se adaptarem à nova legislação:

1. Solicitar o consentimento explícito do consumidor, informando-lhe com clareza de que modo seus dados serão utilizados. Para isso, o ideal é que a empresa inclua a autorização do uso dos dados na jornada do consumidor, por meio de pop-up ou aceite nos termos de privacidade e condições de uso.

2. Responder com agilidade aos consumidores que solicitarem a “retirada da autorização do uso” ou os que quiserem “maiores detalhamentos” sobre seus dados, sendo necessário preparar adequadamente a equipe de atendimento e os procedimentos internos para aplicar as alterações necessárias e fazer valer a vontade dos clientes.

3. Tomar cuidados especiais com: (1) dados sensíveis tais como origem racial ou étnica, convicção religiosa, opiniões políticas, orientação sexual ou outras referentes à saúde; (2) dados de menores de idade. Essas informações não podem ser utilizadas de forma discriminatória ou, no caso de menores, sem o consentimento dos pais. Para isso, é necessário fazer um diagnóstico completo dos dados que a empresa já possui e adequá-los à lei.

4. Em caso de vazamento de dados, avisar a sociedade e informar imediatamente às autoridades competentes (Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD) em tempo hábil, as quais deverão indicar os próximos passos e como deverá ser divulgado à imprensa. Dessa forma, é importante que a empresa elabore um plano de contingência para gerenciar esse tipo de crise. A depender de como a empresa lidar com essa situação sua reputação pode ser fortemente impactada. Nomear um Data Protection Officer (DPO) também é fundamental para que as contas sejam prestadas à ANPD e os procedimentos internos sejam realizados adequadamente.

5. Revisar todos os procedimentos relacionados aos dados dos clientes, em todos os departamentos.
Vale lembrar que a LGPD não é uma “inventividade” brasileira ou uma mera burocracia, mas sim um padrão internacional que foi incorporado na nossa legislação. Estávamos bem atrasados em relação aos outros países na forma de tratarmos dados pessoais que devem ser processados com extremo zelo pelas organizações e a LGPD é uma atualização muito positiva nesse sentido.

Referências:

Carolina Noronha. Infográfico | Como preparar meu e-commerce para a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD)?. Blog Flexy. Agosto de 2020
Cost of data Breach. Ponemon Institute, 2018.
Ademilson Lubke Sanches. Construindo uma jornada para a LGPD. CleverIS Security LA. 2020

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Feira Futureprint lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Porque Cesar Cielo optou pela sublimação para sua nova marca!

A tendência em vitrine interativa que você precisa conhecer!

A tendência em vitrine interativa que você precisa conhecer!.png

Um adesivo sensível à pressão em um lado, para aplicação úmida, e um revestimento resistente a arranhões do outro lado. Dentro da estrutura do filme, estão duas camadas condutoras opticamente claras e transparentes pulverizadas de Óxido de Índio-Estanho (ITO) e, entre essas camadas, estão os Cristais Líquidos Dispersos em matriz polimérica (PDLC), que é a base para a tecnologia. A tecnologia é o filme Vela.

Nele são projetadas as informações do estabelecimento comercial, sendo ativado por meio de um controlador elétrico avançado, ao acionar um interruptor. Esse equipamento é conectado ao sistema operacional de projeção e Wi-Fi. “As informações são atualizadas por uma plataforma que, através de uma controladora, permite dar dinamismo às mensagens projetadas”, explica a gerente de Vendas Graphics Brasil, Argentina e Chile da Avery Dennison, Adriana Pacífico.

O sistema possibilita o vídeo mapping, que combina projeção com transparência, de acordo com o conteúdo criado. Dessa forma, os varejistas ganham a flexibilidade de aliar o merchandising tradicional com a publicidade digital, com um conteúdo verdadeiramente atraente para o consumidor. Além disso, é uma solução para eventos, feiras ou qualquer espaço onde o objetivo é gerar uma experiência com o público.

Como se trata de um produto tecnológico, sim, é possível ter diferentes interações, como uma conexão remota para alterar o conteúdo projetado, uma ferramenta para controle de liga e desliga do Vela™, através de um app ou um assistente virtual.

Adriana comenta que pela construção do filme, ele se torna semirrígido, o que impossibilita o uso em superfícies curvas ou realizar qualquer tipo de tensionamento para conformar o material em alguma superfície irregular. A aplicação é sempre destinada para superfícies planas. A função touch é algo que não faz parte do produto.

Provador digital e persiana

Por se tratar de um produto que permite interação com outras interfaces, dentro de um projeto, pode-se pensar em diferentes aplicações, desde que se tenha uma conectividade com o produto. A película Vela se torna uma tela com infinitas possibilidades, uma vez combinada com outros recursos tecnológicos como um projetor, um sensor de presença, uma interação com NFC ou RFID, entre outros.

Além de vitrine digital e provador digital, quando ligado, o filme fica totalmente transparente e, ao acionar o interruptor para desligar o sistema, o vidro fica fosco. Assim, ele também funciona como uma superfície ideal de quadro branco, onde se pode escrever e apagar facilmente, uma praticidade muito bem-vinda no ambiente de trabalho. Além disso, o filme Vela apresenta alta resistência, é de fácil manutenção e limpeza, e pode ser customizado com corte a laser, em diferentes formas e tamanhos.

Porém, quem procura por opções mais “convencionais”, é possível utilizar películas para vidros e sinalização. Adriana comenta que em casos de soluções externas, essas películas podem ser usadas para uma reforma, contribuindo para um edifício mais eficiente em termos energéticos, trazendo características como controle solar, segurança e privacidade, em cores disponíveis vão da incolor, que permite entrada de 100% de luz natural nos ambientes, até a cinza e marrom, passando pelas películas de efeito espelhado, variando de acordo com seu VLTs (valor de luz transmitido).

 

 

 

 

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Feira Futureprint lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

FuturePrint #Conexão Com Você - Encontre novos clientes para sua estamparia com esses passos.

FuturePrint #Conexão Com Você - Como reciclar tinta da estamparia com Rafael Barcha

FuturePrint #Conexão Com Você - Cuidados com direitos autorais na comunicação visual e estamparia

FuturePrint #Conexão com você - Oportunidades para decoração e criação têxtil