Gestão

PME: saiba quando é a hora de pegar crédito

Principal objetivo de uma PME é gerar lucro, porém, de acordo com o consultor regional do SEBRAE-SP, Silvano França, empresários normalmente começam negócios a partir de alguma habilidade, tendo uma relação distante com a administração financeira. “Seu primeiro contato com a administração financeira consiste apenas em pagar e receber. Geralmente faz-se o ‘caixomêtro’, dinheiro em caixa é bom sinal. Quando empresa começa a crescer, dá atenção para saúde financeira”, explica.

É neste momento que são conhecidas as carências das pequenas e medias empresas em termos de administração financeira. E quando o pequeno e microempresário decide renovar suas máquinas é quando se pensa em crédito. E são necessários alguns cuidados, como buscar linhas de crédito para investimentos específicos para máquinas e equipamentos, prestando atenção a prazos e carências.

Para o prazo recomenda-se que o total da operação seja compatível com o prazo do projeto, do início até maturação. “Cuidado com imprevistos como se o contra piso está preparado para receber determinada máquina, se a parte elétrica está adequada, treinamento de funcionários e etc.”, lembra França.

No caso da carência, é importante que uma linha de crédito destinada a investimentos ofereça prazo de carência;  normalmente paga-se apenas os juros correspondentes ao período e em alguns casos nem mesmo os juros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *