Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

5 passos para montar um bureau de impressão digital

5 passos para montar um bureau de impressão digital

Impressão de convites, fotos, folders, panfletos, volantes, brindes, catálogos, banners, apostilas, etiquetas e cartões de visita. São diversas as opções de serviço ao montar-se um bureau de impressão digital. Para implantar a tecnologia digital em uma empresa é preciso mais do que investimento em tecnologia. É imprescindível promover uma ruptura e criar novos conceitos de parceria, com fornecedores e clientes. Está interessado em montar um bureau de impressão digital? Confira 5 dicas especiais, elaboradas com o auxílio do Sebrae.

Passo 1: potencial do mercado

O crescimento do ramo da impressão digital está diretamente relacionado ao advento da tecnologia da informação. Esses avanços permitem oferecer serviços mais baratos, rápidos e com produtos de maior qualidade. Mais do que uma tendência, os serviços de impressão digital se configuram, cada dia mais, como uma nova realidade do setor.

Passo 2: definição da estrutura

Para um empreendimento de pequeno porte, um espaço de 100m² é suficiente para o atendimento, produção e almoxarifado. Antes de pensar na abertura do empreendimento, deve-se calcular o custo da seguinte estrutura: balcão para atendimento direto aos clientes, caixa, espaço para estoque, sala dos equipamentos para impressão, área para recebimento de matéria-prima e expedição de produtos acabados, banheiro e pequena copa.

Passo 3: investimento no pessoal

Da mesma maneira que a estrutura, é preciso calcular o gasto com o pessoal. Um empreendimento de pequeno porte demandará uma pessoa para atendimento de balcão, uma pessoa para controlar o caixa, uma pessoa para atuar no recebimento de matéria-prima e entrega de produtos acabados, duas pessoas para operar as máquinas e uma pessoa para auxiliar nos serviços gerais. O quadro evolui de acordo com a demanda de serviço.

Passo 4: equipamentos necessários

O tamanho do negócio e os serviços oferecidos serão determinantes na definição dos equipamentos, mas é possível traçar uma lista prévia de 11 necessidades: computadores equipamentos de impressão digital de grande porte, scanner, softwares específicos da área gráfica para criação, visualização e preparação das artes antes da impressão, dobradeiras, guilhotinas, fax, telefones, mesas, cadeiras e armários.

Passo 5: dicas práticas

Definir claramente o orçamento, um dos itens mais importantes em uma empresa de serviço de impressão digital; determinar a matéria-prima que será empregada na produção de uma determinada obra; garantir que o papel a ser empregado já esteja em estoque ou qual a data que estará disponível; ter certeza de que seu equipamento conseguirá produzir a obra; avaliar e calcular as perdas de matéria-prima que resultará na execução da obra; contratar profissionais altamente qualificados para todas as áreas, em especial para criação e arte, gravação de arte e operação da máquina

9

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar