Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Você sabe como funcionam os sistemas de impressão digital?

Você sabe como funcionam os sistemas de impressão digital.png
O processo de impressão digital têxtil acontece por meio de três etapas: preparação do desenho, impressão e acabamento.

Os sistemas de impressão digital têm tudo para deixar as empresas mais competitivas e com maiores possibilidades de customização. Não à toa, vem sendo cada vez mais adotados no mercado têxtil.

O processo acontece por meio de três etapas: preparação do desenho, impressão e acabamento. A impressão em si é relativamente simples. Por meio dela, a tecnologia vai reproduzir cores, padrões, imagens e desenhos utilizando cabeçotes de impressão à jato de tinta comandados por computadores.

Já a preparação do desenho e o acabamento das peças são etapas que realmente fazem a diferença no resultado e exigem uma atenção especial.

Tipos de impressão digital têxtil

Quando entramos, de fato, no mercado têxtil, os sistemas de impressão digital podem ser divididos em: impressão digital sublimática feita com tintas de corantes dispersos, impressão digital com corantes reativos e ácidos e impressão digital com tintas pigmentadas.

Como você deve imaginar, cada um deles tem peculiaridades e exige equipamentos próprios. Vale lembrar, contudo, que todos os processos de impressão digital têxtil podem criar estampas de qualquer tamanho. O que realmente muda de tecnologia para tecnologia são os tipos de instalações e de máquinas requeridas, além do perfil do cliente que se deseja atender.

Impressão digital sublimática A impressão digital sublimática na estamparia têxtil é feita com tintas de corantes dispersos, que são aplicáveis em fibras de poliéster. Esta é a tecnologia mais simples e barata do mercado atualmente, e, por esse motivo, não requer uso de água, sendo bastante difundida em empresas menores.

Impressão com corantes reativos e ácidos

A impressão com tintas reativas pode ser aplicada em fibras celulósicas, como algodão, viscose, rami e linho, além de tecidos mistos de algodão e poliéster, tecidos artificiais de fibras celulose recuperada (como tencel e lyocel) e poliamida (para cores diferentes de preto e branco).

Já a impressão com corantes ácidos pode ser utilizada em fibras de poliamida, seda, lã e outras fibras animais.

É importante ressaltar que esses dois processos demandam instalações maiores (a impressão com tintas reativas e ácidas necessita de equipamentos com largura de até 2 metros para ser feita) e mais caras, quando comparados com a impressão digital sublimática, além de exigirem uma preparação mais complexa. Afinal, para utilizá-los, é preciso seguir passos como vaporização, lavação, amaciamento e rama.

Além disso, ambos os procedimentos demandam maior consumo de água e tratamento de efluentes. E, normalmente, são usados em estamparia rolo a rolo de moda feminina.

Impressão com tintas pigmentadas

Esse tipo de impressão digital têxtil utiliza tintas de pigmentos orgânicos nano dispersados. Ela é aplicável em fibras celulósicas (algodão, viscose, rami, linho), mistas de algodão/poliéster e artificiais de celulose recuperada (tencel, lyocel, etc.). Além disso, pode imprimir poliéster e poliamida.

Trata-se de uma maneira mais simples e barata do que a impressão feita com tintas reativas e ácidas. E embora seja possível encontrar no mercado equipamentos de até 3,2 metros, esta tecnologia é a mais indicada para pequenos negócios ou aqueles com instalações mais modestas.

 A impressão com tintas de pigmentos também demanda pouca água e o tratamento de efluentes é menor. Dessa forma, o capital necessário para o seu funcionamento é baixo, e sua fixação é feita nas mesmas polimerizadeiras da serigrafia.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar