Colunistas, Gestão

A importância de um vinil autoadesivo

Vinil barato é melhor?

Olá pessoal, primeiramente agradeço a oportunidade de poder contribuir com esse mercado em que atuamos, o da Comunicação Visual, através desta coluna. Espero trazer sempre bons temas e discuti-los para podermos aprender juntos. Só assim, teremos sucesso. Nessa área, que sempre foi carente de informações, tudo que pudermos compartilhar para qualificar nossos trabalhos e trazer resultados vencedores é bem-vindo.

Começo destacando um tema que sempre vem a tona: o uso de vinis baratos. Na produção de um trabalho de sinalização com vinil autoadesivo, a menor parte do custo está no próprio material de vinil. O CUSTO NÃO ESTÁ NO VINIL. Lembre-se que o vinil envelhece, desbota, resseca, levanta as bordas, etc. E isso pode arranhar a sua reputação como profissional. Então, por que gastar menos usando um vinil de baixa qualidade, se o custo para refazer o projeto daqui a alguns meses pode ser muito maior?

Vamos fazer um pouco de lição de casa e usar como exemplo um trabalho típico de sinalização (sinalização de veículo), que necessita de altíssima durabilidade (por exemplo, mínimo de 5 anos). Essa necessidade do projeto requer vinis de alta performance. Os vinis de baixa ou intermediária durabilidade serão muito mais baratos, porém, não atenderão aos requisitos básicos do projeto.

A “falsa economia” convenientemente esquece de nos informar que um vinil de durabilidade inferior não só (1) dura menos, mas (2) encolhe bastante, (3) pode ter bastante migração de plastificantes e (4) é mais difícil para aplicar, especialmente sobre imperfeições no substrato ou rebites. Então, na verdade, os custos do trabalho aumentam, a experiência de visualização sofre, a insatisfação do cliente aumenta e a longevidade cai.

Você arrisca nesse jogo e perde quando, pouco tempo depois, o cliente retorna para reclamar do projeto dele que você confeccionou. A falsa economia enganou você, e você prefere esquecer toda a experiência.

Bem, todos nós aprendemos. Mas, vamos aprender com nossas próprias experiências passadas, ou com os veteranos do mercado, que nos advertem para não cortar custos com materiais de sinalização. Saiba como é importante construir com o melhor e evitar os custos associados ao refazer um trabalho. Não re-trabalhe e re-instale! Compre o melhor vinil para o trabalho (lembre-se nem sempre o vinil mais caro é a solução ideal para o seu projeto) e faça certo da primeira vez. Lembre-se sempre que, na produção de sinalização com vinil, O CUSTO NÃO ESTÁ NO VINIL. O custo está em aceitar o conselho da Economia Falsa!

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *