Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Identidade visual: lucre com a mudança marcas

Identidade visual lucre com a mudança marcas.png
Com as mudanças ocorrendo em grandes marcas, abre-se um leque de possibilidades em identidade visual para sua empresa.

Recentemente, a empresa Ponto Frio fez uma repaginação radical de sua identidade visual. Uma grande marca do varejo brasileiro, com mais de 70 anos de tradição, agora passa a chamar-se apenas “Ponto :>” (assim mesmo, com um pinguim estilizado). Essa mudança de identidade visual também foi realizada com a divisão que controla a marca, a Via Varejo (agora apenas “Via”, com novo logo). O que isso nos mostra?

Estamos chegando em um período no qual até grandes marcas, já tradicionais e com história, precisaram se reinventar. O marketing do grupo Via, em relação à identidade visual, caminha para buscar "uma nova cara" em relação a seu público. Da mesma forma, o grupo espanhol da Telefónica, do segmento de telefonia, estendeu para todos seus segmentos uma nova identidade visual, mais simples e moderna.

Neste artigo, saiba mais sobre de que forma grandes marcas e suas mudanças em identidade visual podem gerar oportunidade para sua empresa. Afinal, os motivos que levam grandes grupos a renovarem sua marca são semelhantes às dores de seus clientes? Como você pode abordar clientes em potencial para vender atualização de marcas? Confira nossas dicas a seguir.

A identidade visual molda a percepção do público

"Em um pronunciamento, a diretora da Via, Ilca Sierra, comentou que a marca do Ponto :> tornou-se mais jovem, moderna e inovadora. Obviamente, um logotipo sozinho não tem como gerar inovação, modernidade e juventude. Mas é preciso fazer com que o público entenda a proposta da empresa, seus valores e direcionamentos estratégicos. E a atualização de marca e de todos os elementos de comunicação em torno dela faz exatamente isso, essa ponte para alinhar percepções", comenta Antonio Lima, professor de marketing da Unisinos.

No mercado de varejo, por exemplo, lida-se com uma concorrência intensa e contínua. E somente isso já poderia fazer com que um logotipo ou identidade visual sofresse com a saturação.

No entanto, para adicionar mais elementos a essa pressão, temos empresas no mesmo segmento que nasceram e se desenvolveram digitalmente. Algumas até mesmo sendo líderes de seu mercado. É natural que a percepção de marcas tradicionais seja afetada por essa mudança.

A forma como o público de seu cliente percebe a marca pode ser crucial para futuras conversões ou, mesmo, para escalar e fazer com que o negócio seja alavancado.

"Na posição de criação ou de atualização de materiais com a identidade visual, é importante que as empresas prestadoras de serviços possam embasar e mostrar como essa necessidade pode ser concreta e resultar em benefícios para suas contratantes atingirem seus objetivos", avalia o professor.

A atualização de identidade visual mostra que mudanças ocorrem no mercado

Em alguns casos, o cenário não se trata somente de transmitir inovação e modernidade. A operadora Telefónica, claro, também considera que a mudança de identidade visual foi um passo para modernizar e digitalizar a empresa.

Entretanto, como indica Lima, "também foi mencionado que o logotipo antigo 'não correspondia mais às mudanças almejadas no plano estratégico'".

Valores, direcionamentos estratégicos, público-alvo, portfólio de produtos, condições de mercado, concorrência: tudo isso pode mudar e a atualização de identidade visual é uma sinalização de que as marcas estão acompanhando tudo isso, de forma sistematizada e ativa.

Portanto, essa atualização comunica e muito ao mercado. E é por isso que são feitos tantos estudos, testes e pesquisas antes de se dar esse passo no branding das empresas.

Como sua empresa pode aproveitar esse movimento?

"Se sua empresa trabalha com branding e design, é possível criar uma campanha para oferecer esse serviço aos negócios de sua região. Uma rede de mercados de bairro, por exemplo, pode atrair toda uma nova clientela profissionalizando sua gestão de marca. Oportunidades existem, mas é preciso ser proativo para identificá-las antes dos concorrentes", recomenda o especialista.

Já se sua empresa oferece serviços de impressão ou comunicação visual, você pode oferecer a atualização de marca nas franquias e unidades locais dessas grandes marcas que atualizaram sua identidade visual.

"A loja do bairro pode trabalhar com a venda desses produtos ou ter algum tipo de parceria e ainda estar divulgando em seus materiais a identidade visual antiga. As empresas podem fazer uma pesquisa e oferecer um pacote de atualização dessas aplicações", finaliza Lima.

Quer saber como reorganizar sua empresa?
Baixe nosso material exclusivo e gratuito!
É só clicar no botão laranja "Baixar".

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Feira Futureprint lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar