Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Como vender comunicação visual como diferencial de negócio?

Como vender comunicação visual como diferencial de negócio.png
A comunicação visual, quando bem trabalhada, é uma ferramenta de atração de clientes para o seu negócio. Saiba mais.

Com a reabertura gradual do comércio, lojistas e outros empreendedores precisarão encontrar maneiras de chamar a atenção de quem é e de quem ainda não é cliente. Ainda em cenário de pandemia, a tendência é haver menos pessoas passando nas ruas e próximas aos estabelecimentos. Este é um cenário desafiador para esses donos de negócios. Mas ele pode ser vencido com o uso estratégico de comunicação visual como ferramenta de atração.

E essa pode representar uma oportunidade para o seu próprio negócio de comunicação visual manter sua lucratividade neste período de instabilidade e recuperação. Para dicas de como fazer isso, continue a leitura.

O que é comunicação visual eficiente na atração de clientes?

Para o consultor comercial no setor de comunicação visual Rodrigo Barbosa, "uma parte importante da eficiência da comunicação visual está em transmitir uma mensagem ou conceito, motivar e envolver o público de interesse".

Claro que isso pode variar conforme o segmento, mercado, tipo de empreendimento, público e marca de cada empresa. Para algumas lojas, uma fachada mais conceitual, com mais elementos visuais e pouca informação textual será uma comunicação visual eficiente. Para outras, displays com preços, totens com promoções e descontos e mais informações na fachada é o tipo de comunicação visual de resultados.

Além disso, para lojas de shopping e comércios mais populares de rua, essa eficiência também será pautada por diferentes necessidades e diretrizes para padronização de questões como tamanhos máximos e formatos de materiais permitidos.

De qualquer maneira, podemos resumir que a comunicação visual eficiente é aquela que gera resultados, que atrai público, sua atenção e interesse. E isso está especialmente desafiador agora. Conforme um estudo, o ser humano tem um período de atenção de apenas 8 segundos. Portanto. é preciso encontrar maneiras para, em cenário de restrição, chamar a atenção das pessoas que está cada vez mais limitada.

Como vender a comunicação visual como ferramenta de atração?

Neste momento, muitos comerciantes estão em busca de soluções para atrair clientes e manterem suas contas no azul. Assim, uma abordagem comercial mais tradicional talvez não seja muito efetiva para vender comunicação visual agora.

Veja a seguir, algumas dicas para ajudar a vender a comunicação visual como diferencial para estes negócios.

Vender comunicação visual como valor, não como custo

"Com a pandemia, muitos comerciantes enfrentaram dificuldades para vender. Muitos ainda estão lidando com isso. Então, a tendência é de fechar carteiras para gastos agora. Isso exige das empresas de comunicação visual uma abordagem que demonstre que este tipo de material não é custo, mas investimento que gera resultados", recomenda o especialista.

Para fazer isso, é importante se munir de dados. Por exemplo, uma pesquisa do Sebrae-SP demonstrou que uma melhora na comunicação visual das empresas pode alavancar suas vendas de 12 a 40%. Outro estudo indicou que, entre os países considerados, o Brasil é o que o ponto de vendas exerce maior importância no processo decisório de compras do cliente.

Informações como essa ajudam a exemplificar todo o potencial de gerar vendas oferecido pela comunicação visual, então, é preciso transmitir isso em suas abordagens de prospecção.

Vender comunicação visual como atrativo para o cliente de seu cliente

Outro argumento para demonstrar como a comunicação visual pode ser um diferencial é lembrar de que o cliente do seu cliente também está mais criterioso agora. Então, ele vai preferir fazer compras em uma loja organizada, bonita, bem sinalizada e atraente. E a comunicação visual é a maior aliada do lojista para obter esse diferencial.

Utilizar a comunicação visual para mostrar a adaptação do negócio ao cenário atual

No cenário atual, ter materiais de divulgação e uma fachada adaptados, com totem com álcool em gel e outros materiais que demonstrem o cuidado do estabelecimento com seus clientes também é outra tática atrativa para chamar atenção do público passante e reduzir suas barreiras para entrar no estabelecimento.

Comunicação visual como ferramenta competitiva

"Para as pequenas e médias empresas, a comunicação visual pode ser uma ferramenta para ajudar na competição com players maiores. Quando sua identidade visual e os desdobramentos nas peças de comunicação visual evidenciam valores, distinção, humanização e desejabilidade, elas ganham armas para vencer nesse tipo de competição", afirma Barbosa.

O especialista complementa ainda que o diferencial da estratégia de comunicação visual eficiente é "aliar força e estabilidade a estas características. Isso pode ocorrer por intermédio de elementos gráficos da identidade da marca, tipo de fachada escolhida (como as de ACM que têm grande impacto visual), sinalização do PDV (com materiais de comunicação visual agradáveis e atrativos, em alguns casos até interativos), a iluminação escolhida para a fachada e para a loja".

A produção sob demanda já é uma realidade!
Entenda como sua empresa precisa se adaptar.
É só clicar no botão laranja "Baixar"

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar