Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

4 erros de comunicação em redes sociais que você não sabe que comete

4 erros de comunicação em redes sociais que você não sabe que comete.png
As redes sociais podem ser uma ferramenta importante para a indústria serigráfica, mas é preciso ficar atento para evitar erros no seu uso.

As redes sociais estão cada vez mais ganhando um espaço importante na estratégia das empresas de comunicação visual, gráficas e de estamparia têxtil.

O potencial disso é enorme. Hoje, as redes sociais permitem que até mesmo a menor empresa seja descoberta e interaja com potenciais clientes em todo o mundo. Esses canais possibilitam que os negócios criem uma presença digital dinâmica e estabeleçam diálogo com um amplo público - incluindo clientes existentes, novos clientes e investidores potenciais, fornecedores, etc.

Entretanto, para isso, é importante criar uma estratégia consistente e evitar alguns erros que podem prejudicar a imagem e o relacionamento com os públicos de interesse. Você não sabe que erros são esses? É sobre eles que falaremos a seguir, confira!

1. Não ter critérios definidos para a presença nas redes sociais

O coordenador do curso de Marketing Digital do Centro Universitário FIAP, Cláudio Carvajal, afirma que é importante a empresa estar nas redes sociais - mas naquelas realmente relevantes para a sua estratégia.

Portanto, é um erro criar página ou perfil em qualquer rede sem, antes, avaliar essa inclusão com cuidado.

“É bom para a empresa ter presença digital no Facebook, Instagram, YouTube, LinkedIn, TikTok, etc. Entretanto, é importante priorizar investimentos de comunicação, gestão de marca e marketing nas redes sociais preferidas do público-alvo da organização”, indica o especialista.

Essa posição é compartilhada pela diretora da No Ar Comunicação, Rafaella Malucelli, que alerta para um erro muito comum que acontece que é o de a empresa estar na rede que não condiz com o perfil da sua marca.

"Se o seu negócio quer atingir, por exemplo, um público mais profissional, deve estar no LinkedIn. Se é mais descontraída e quer atingir um público mais jovem, pode estar no TikTok e assim por diante”, salienta Rafaella.

2. Utilizar as redes sociais apenas para anunciar os produtos e serviços

As redes sociais não são um palco - são uma grande roda de conversa. Um erro comum de muitas empresas é utilizá-las somente para falar sobre seu portfólio, para anunciar seus produtos e serviços e não equilibrar isso com a construção de conversas, interações e busca de engajamento nesses canais.

Para ter sucesso nas redes, portanto, é fundamental buscar a construção de relacionamento. Para isso, é importante responder comentários, incentivar o cliente a enviar conteúdos e interagir. Também é recomendado diversificar o tipo de postagem, mostrando bastidores da sua empresa, compartilhando dicas, fazendo enquetes, respondendo perguntas em diferentes formatos (como em lives, vídeos, etc.).

3. Não personalizar a linguagem da comunicação conforme a rede social

Rafaella lembra de que "sempre o conteúdo deve ser compatível com a rede social”, porém, na prática, muitas empresas acabam postando exatamente o mesmo conteúdo em todas as redes, sem adaptar formatos e linguagem e isso pode prejudicar bastante seus resultados.

Afinal, os conteúdos de redes sociais devem ser envolventes e seguir a dinâmica de cada uma delas de forma que se destaque e forneça às pessoas um motivo para clicarem no botão "Seguir" e interagirem com sua marca.

Para ajudá-lo a ser criativo e a encontrar o tom, faça pesquisa no perfil de marcas que são referências nesses canais e, também, no que seus concorrentes estão fazendo e que apresenta bons resultados. Depois crie algo exclusivo a partir disso e que esteja alinhado também com a personalidade de sua marca e com o perfil de seu cliente ideal (persona).

Além disso, aproveite os recursos oferecidos pela plataforma que você está usando. Por exemplo, você pode criar vídeos ao vivo no Facebook para compartilhar os detalhes mais recentes sobre o lançamento de um produto ou abrir caixa de perguntas no Instagram para conhecer as dores e dúvidas de seus clientes, etc.

4. Não saber tratar devidamente críticas e reclamações

As redes sociais possibilitam uma comunicação mais estreita e direta entre marcas e clientes. Isso pode tornar-se uma vantagem competitiva para as empresas que sabem interagir e se relacionar bem com seu público nesse canal.

No entanto, um erro comum é não saber lidar bem com críticas e reclamações feitas nas redes.

“Críticas e reclamações vão sempre acontecer, porém, nas redes sociais, fica aberto para um público ilimitado. Então, ter cautela na resposta e na atitude é essencial”, recomenda Rafaella.

Um erro muito comum nesse manejo é apagar um comentário ou escondê-lo. Os especialistas, entretanto, sugerem como a melhor alternativa o reconhecimento do erro, quando de fato ele acontece, e conversar com o cliente inbox (no privado) para esclarecer o mal-entendido - nunca apagar ou promover um bate-boca publicamente com o cliente.

“Ainda que a empresa não concorde eventualmente com o teor de algumas publicações, é importante aproveitar os feedbacks do seu público como oportunidade de melhoria e procurar transformar este canal em ganho de eficiência”, finaliza Carvajal.

Quer saber como reajustar seus preços sem assustar os clientes?
Confira todos os passos no material grátis e exclusivo que produzimos para você clicando abaixo em "Baixar"!

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Feira Futureprint lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar