Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Substratos para comunicação visual em ambientes internos e externos; confira

Substratos para comunicação visual em ambientes internos e externos; veja como escolher

comunicação visual em ambientes internos e externos, apesar de cumprir com os mesmos objetivos, requer cuidados específicos. Afinal, estamos falando de substratos que ficarão expostos a diferentes condições. Portanto, é preciso estar atento aos materiais utilizados para que as peças tenham, realmente, a durabilidade que se espera.

A escolha do tipo mais adequado depende, é claro, do ambiente no qual o trabalho será exposto. Isso porque não são todos os substratos que resistem à exposição à chuva ou ao sol, por exemplo. Confira os detalhes a seguir:

Ambientes internos

De acordo com Silvia Cristina M. Caleiro, gerente de marketing da Pigmentum, os ambientes internos são favorecidos pela ausência de agentes naturais como vento, sol, frio, etc., portanto, qualquer substrato pode ser usado (lonas, adesivos, placas, tecidos, papéis e papelão). O cuidado na escolha deve levar em consideração outros fatores, como o tempo de permanência da comunicação (promocional ou institucional) e a interação com o público (adesivos em mesas devem receber uma laminação mais resistente)", explica.

Ambientes externos

Como os ambientes externos sofrem com a ação do clima, os substratos usados para a comunicação visual precisam ser mais resistentes. Caso contrário, a durabilidade será altamente comprometida.

PVC, ACM, inox e alumínio são indicados para os trabalhos com longa duração (fachadas, por exemplo); as lonas são bem resistentes, mas têm ressalvas – no  Nordeste, tem menor durabilidade do que no Sul – e os adesivos precisam ser os com maior garantia do fabricante, principalmente para veículos. PS e MDF podem ser usados em ações curtas e tecidos devem ser evitados. Laminações e vernizes, de maneira geral, auxiliam na durabilidade e proteção, tanto do substrato quanto da impressão”, recomenda Silvia.

Como o mercado de comunicação visual está em plena evolução, constantemente surgem novos materiais com tecnologias avançadas. Dessa forma, é possível encontrar substratos com tratamentos específicos e que vão garantir beleza e longa duração ao mesmo tempo.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar