Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

shutterstock_384126496.jpg

Por que as cores não são fiéis ao monitor?

Mas por que as cores não são fiéis ao monitor? E, mais importante, o que pode ser feito para aumentar a proximidade entre o que vemos na tela e aquilo que será impresso no substrato?

Não é nada incomum notar que as cores não são fiéis ao monitor no momento da impressão. Muitas vezes, inclusive, as cores podem sofrer variações grandes entre um monitor e outro, dificultando ainda mais a conferência dos materiais para garantir que eles saiam conforme o desejado.

Mas por que as cores não são fiéis ao monitor? E, mais importante, o que pode ser feito para aumentar a proximidade entre o que vemos na tela e aquilo que será impresso no substrato?

Como as cores são formadas?

Antes de tudo, é importante entender que existem várias maneiras de chegar a uma cor. É possível misturar cores primárias ou, então, acrescentar mais luz para chegar a um determinado tom.

Ainda assim, o conceito de cores primárias muda de acordo com o meio em que elas serão exibidas. Ou seja, a cor primária pode ser uma no monitor e de outra completamente diferente na impressora.

No monitor

No caso dos monitores, atualmente há diversas tecnologias diferentes e que vão evoluindo para exibir as cores. De forma geral, os displays de LCD contam com filamentos de metal em uma grade matriz, sendo que cada campo dessa matriz possui 3 partículas de cristais líquidos. E, ao serem eletricamente estimulados, eles absorvem uma determinada área do espectro de luz e se solidificam, deixando "vazar" o restante.

Dessa forma, cada uma das 3 partículas deixa passar um pedaço do espectro, baseadas nas cores primárias da luz, o famoso RGB (vermelho, verde e azul).

Na impressora

Já nas impressoras, as cores são formadas por meio da tinta em pontos muito próximos, mas que não chegam a se misturar. Chamados de retículas, estes pontos próximos são fixados no substrato, dando a impressão que uma outra cor foi formada.

Na impressão, as cores básicas são ciano, magenta, amarelo e preto, também conhecido como CMYK.

As cores não são fiéis ao monitor, mas, como aproximar o resultado na impressão?

Se as cores não são fiéis ao monitor no momento da impressão, o que fazer para solucionar o problema, então?

É importante dizer que não basta deixar o modo RGB para o computador e o CMYK para a impressão. O primeiro passo é calibrar o monitor para que os contrastes passem a ser exibidos de maneira correta. A forma certa de realizar esta tarefa vai depender da marca e da tecnologia do seu monitor, portanto, não há um passo a passo universal a ser seguido.

Outra atitude simples que pode ser seguida aqui é evitar ver as cores no monitor em um local em que haja luz direta, uma vez que isso também vai afetar a sua percepção sobre elas.

As cores não são fiéis ao monitor, mas para evitar esse problema e ter mais fidelidade de cores na impressão, configure o computador para que ele tenha o mesmo perfil de cores que o dispositivo de impressão. Aqui, inclusive, vale a pena orientar os clientes que costumam gerar os seus próprios arquivos para que o resultado final não fique comprometido.

Quando, na impressão, as cores não são fiéis ao monitor, há um desperdício de insumos e uma frustração do cliente. Uma vez que ele pode entender que é o seu trabalho que não possui a qualidade esperada.

Portanto, é fundamental tomar os cuidados que apontamos aqui para garantir sempre uma entrega fiel de cores e de alta qualidade!

Clique no link abaixo e saiba mais sobre como implantar um sistema de impressão digital!

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Feira Futureprint lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar