Oportunidades

Como trabalhar com estampas para moda fitness?

A moda fitness deixou de ser básica há muito tempo. Atualmente, o segmento traz estampas, combinação de cortes, cores e formas que também seguem as principais tendências do mercado fashion, podendo ser usadas, inclusive, fora da academia. Afinal, além de conforto para cumprir as atividades físicas, os consumidores buscam estilo e bom gosto. Com isso, as empresas que trabalham com vestuário fitness precisam se reinventar, mantendo-se atentas às últimas tendências do mercado, mas sem deixar de lado as características importantes desse tipo de roupa.

Como fazer, então, para se destacar nesse mercado em constante evolução e bem competitivo? Continue com a leitura e descubra a seguir:

Como trabalhar com os materiais da moda fitness?

Nelson da Silva, docente do curso Livre em Estamparia Digital do Senac São Paulo, afirma que os tecidos para linhas de roupas fitness são, geralmente, leves, fáceis de secar e de grande durabilidade. Afinal, essas peças precisam ser resistentes e não podem limitar o movimento do usuário durante os exercícios.

“Pode-se trabalhar com modelagens que se utilizam de tecidos coloridos (tingidos), que oferecem blocos de cores nos produtos. As modelagens devem ser justas, porém confortáveis, uma vez que o designer deve desenvolver peças com extremo cuidado nas costuras e áreas de grande impacto“, complementa.

Vale ressaltar que, para os mais ousados, é possível apostar em tecidos que imitem outros, como o jeans e o veludo. As transparências e os conjuntos também são tendências da moda fitness que vieram par ficar.

Cuidados e técnicas mais adequadas

De acordo com o professor, os tecidos compostos com fibras sintéticas são, normalmente, os mais usados na moda fitness. Entre eles estão o poliéster, viscose e poliamida, que permitem aplicar as melhores técnicas de estamparias.

“Para obter estampas com cores vibrantes e toque zero, devem ser realizadas impressões digitais diretas a jatos de tintas ou indiretas por sublimações (como você sabe, a sublimação se aplica em tecido de fibras sintéticas, devido ao alto grau de calor de transferência da estampa do papel térmico para o tecido plano). Pode se utilizar, também, serigrafia com quadros, para estampas localizadas, tais como logotipos ou motivos na frente e costas das peças”, complementa.

Já para os produtos em fibras naturais, como o algodão, as técnicas de serigrafia e impressão digital direta são as mais utilizadas.

Dicas para realizar um bom trabalho com moda fitness

Buscar conhecimento para se manter atualizado com as últimas tecnologias e tendências de moda fitness  é o melhor caminho para quem busca o sucesso e a diferenciação na área.

Visitar academias e oferecer peças em desenvolvimento para que os usuários possam experimentar e, depois, dar feedbacks sobre os futuros produtos também estão entre as recomendações de Silva.

Por fim, é fundamental fazer estudo de cores, modelagens, estampas e tendências, de acordo com o perfil dos consumidores que você deseja atingir. Pontos como o poder aquisitivo e a relação com a moda podem impactar diretamente nos elementos e nas tendências que você vai trazer para as estampas e tecidos.

Ficou com alguma dúvida sobre como trabalhar as estampas em roupas da moda fitness? Deixe a sua pergunta no campo de comentários abaixo e até a próxima. 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *