Feira Future Print faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Impressão digital DTG no Brasil

Impressão digital DTG no Brasil

A estamparia digital de pigmentos em camisetas é a versão DTG mais conhecida no Brasil. O volume ainda é muito baixo em relação à Serigrafia e o futuro agora parece mais propício para que a impressão digital alavanque volumes maiores.

Grande parte das impressoras de mesa Epson adaptadas para impressão DTG não consegue imprimir regularmente ou são usadas como máquinas de amostras. Nos últimos dois anos tem surgido impressoras DTG profissionais configuradas para realizar um trabalho de impressão regular e lucrativo. Enquanto isso a Serigrafia continua suprindo o maior volume da impressão têxtil.

Dificuldades da impressão digital DTG

  • A manutenção de impressoras adaptadas, mais baratas e carregadas com tintas comuns é muito alta, cara, e as paradas por entupimento com tintas incorretas, principalmente brancas, são grandes.
  • A produtividade das impressoras DTG de baixo custo é reduzida e cara, principalmente com as tintas e os pré-tratamentos atrelados à venda de equipamentos.
  • O pré tratamento, tintas e líquidos de limpeza são caros. Tintas profissionais e pré tratamentos aliados a cabeças de impressão com recirculação e filtragem interna ou sistemas externos de filtragem eficiente são obrigatórios.
  • O custo de estampa acima de 300 peças ainda é alto em relação à serigrafia. Pequenas tiragens e provas tem o melhor custo.
  • Programas RIP são grandes causadores de problemas nas impressoras adaptadas baratas.

Custo da impressão DTG com tintas de pigmento

Há tintas de vários preços no mercado – de R$300 a R$1500 o litro. Há também várias opções de pré tratamentos com preços nas faixas de R$15 a R$175.

As tintas digitais DTF de corantes Reativo e Ácido tem sofrido redução de preços por força das quantidades vendidas e concorrência entre muitos fabricantes. A popularização e a supremacia das impressoras jato de tinta contribuíram para a redução do preço para a média de 10% do custo de dez anos atrás. Algo assim deve acontecer com as tintas DTG pigmentadas.

Isoladamente os químicos e tintas digitais tem preço alto, mas se diluem na baixa quantidade de uso por metro estampado. Pré tratamentos podem custar até mais caro que a tinta depositada na estampa e com isso desiquilibram o preço, já alto, da estampa DTG. Pensamos que a futura concorrência entre bons produtos, volumes maiores e bom atendimento irão equilibrar os preços da DTG.

 

Custos aproximados de insumos / Preços mínimos e máximos  com base em produtos do mercado / Base de consumo de tinta em estampa cheia de 60x80 cm - CMYK = 2 ml  / Tinta Branca = 6 ml (Abril de 2019)
Tipo de impressãoCusto simplesSerigrafia (R$)
Pré tratamento / Fundo claro e escuro

(aplicado por spray, consumo ~20 ml x estampa

R$0,10 a R$1,80Varia de acordo com o custo / minuto. Os consumíveis raramente ultrapassam 1% do custo da estampa.
Tinta DTG CMYK / Fundo claro (Base 6 ml x m2)R$1,80 a R$9,00
Tinta DTG Branca / Fundo médio e escuro

(Base 6 ml x m2)

R$9,00 a R$18,00
Transfer Sublimação CMYK (somente tinta)R$0,90 a R$1,80
2 variáveis muito importantes do custo DTG:

A aplicação do pré tratamento e a configuração da impressão no RIP devem ser reguladas para dispensar o mínimo possível e tintas.

A qualidade das tintas impacta o custo do consumo, às paradas de máquina e a reposição de cabeças.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar