• Canal Digital Future Print is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Tampografia para a impressão de etiquetas

Tampografia para a impressão de etiquetas

O uso da tampografia para a impressão de etiquetas tem crescido no mercado. Afinal, há um grande potencial para que o processo traga resultados satisfatórios, ao mesmo tempo em que reduz os custos e aumenta a velocidade da produção.

Muitas indústrias estão substituindo as etiquetas tradicionais pelas produzidas com a tampografia. Assim, o incômodo gerado ao consumidor é menor e o processo é mais limpo, barato e rápido.

Como resultado, o uso da tampografia para a impressão de etiquetas proporciona uma ótima qualidade de impressão e uma competitividade maior. Além do fato de que a etiqueta, assim, não é cortada pelo consumidor e, portanto, as informações de conservação da peça não se perdem.

Como funciona a tampografia?

A tampografia é um processo de impressão indireta. Com ela, a imagem é estampada na peça por meio de uma máquina. Para tanto, a imagem a ser impressa deve ser gravada em baixo-relevo no clichê. Ou seja, em uma chapa em que a tinta é depositada e coletada por um tampão de silicone flexível.

Este tampão coleta a imagem do clichê e faz a impressão na peça. Dessa forma, é possível imprimir em peças irregulares e de diversos formatos, uma vez que o silicone consegue se moldar à peça.

“A tampografia imprime as informações da etiqueta diretamente no tecido da peça. Normalmente, na parte de trás, onde fica a gola. Com isso, ela substitui a etiqueta tradicional”, complementa Fernando Mesias Neto, proprietário da Tampofer Gravações Técnicas LTDA.

Benefícios da tampografia para a impressão de etiquetas

“Rapidez e economia” são os grandes benefícios da tampografia para a impressão de etiquetas destacados por Neto. Esse é um processo de impressão bastante versátil, portanto, pode ser usado em peças compostas de termoplásticos, metais, vidros, madeiras, couro etc.

O processo ainda é mais limpo e rápido que a serigrafia e mais barato que o transfer. Ao mesmo tempo, a qualidade de impressão se mantém alta. 

Para o consumidor, a tampografia elimina o incômodo causado pelas etiquetas tradicionais no vestuário. E este tem sido um dos grandes motivos pela escolha do processo.

Além destes benefícios, a tampografia para a impressão de etiquetas também proporciona:

  • Alta qualidade de impressão em traços finos e grafismos;
  • Versatilidade para imprimir em superfícies irregulares;
  • Processo de impressão contínuo, eliminando as paradas e aumentando a produtividade;
  • Economia de material e ganho de produção;
  • Grande volume de impressões com o mesmo clichê;
  • Possibilidade de impressão de até 4 cores na mesma máquina.

Cuidados a serem tomados

“É preciso ter uma arte final bem desenhada para fazer um fotolito de qualidade. Depois, o fotolito será usado para fazer a gravação no clichê. Por isso, quanto maior a qualidade desde a etapa do desenho, melhor a garantia de qualidade e resolução da gravação”, recomenda Neto.

Além disso, é importante que os operadores recebam um treinamento para conhecer o funcionamento e possibilidades do equipamento.

Contar com um espaço com boa ventilação também faz toda a diferença para garantir um resultado final de qualidade.

5 dicas para vencer no mercado de impressão digital de grandes formatos

Comunicação Visual em Tecido

A comunicação visual em tecido está crescendo no Brasil, afinal, o substrato conta com características como alta qualidade e versatilidade. Assim, pode ser usado em vitrines, stands, decorações de ambientes, eventos, entre outros.

A grande diversidade trazida pelos tecidos permite obter os mais variados resultados, além de possibilitar uma comunicação com mais leveza e beleza.

Os painéis de tecido, por exemplo, estão conquistando espaço da decoração de diferentes estabelecimentos. Afinal, a sua mistura de formas, texturas e cores permite compor a decoração de qualquer espaço.

Quer entender um pouco mais sobre a comunicação visual em tecido e suas vantagens em relação à lona ou vinil, por exemplo? Siga com a leitura!

Os benefícios da comunicação visual em tecido

“Grande parte do mercado de comunicação visual está migrando para tecido porque a aplicação em impressão digital pode abranger desde lonas até tecidos elásticos. É possível utilizar o substrato para uso interno, em feiras, e também para moda”, explica Carlos Cabanas, diretor geral da Ernetex Indústria e Comércio.

Ao contrário dos já tradicionais painéis em lona, no entanto, os tecidos não deformam com o tempo. Assim, é possível manter a decoração do estabelecimento sempre com uma aparência bonita e de qualidade, aumentando a vida útil da comunicação visual.

Além disso, a comunicação visual em tecido está ganhando espaço pela sofisticação, elegância, modernidade e, inclusive, sustentabilidade que permite trazer ao espaço. Por ser um substrato leve, o tecido ainda ajuda a reduzir custos com o transporte e a facilitar a aplicação na decoração. Assim, as chances de o material ser danificado são muito menores.

Por fim, a comunicação visual em tecido permite o uso de cores muito mais vivas. Dessa forma, o substrato abre portas para que os empresários do segmento possam expandir a sua atuação. Com o tecido, além da comunicação visual, é possível atender a clientes de diversos mercados, como decoração, moda e arquitetura.

Características da impressão em tecido

Normalmente, o poliéster é o tecido mais utilizado para este tipo de trabalho. Afinal, ele é um material que pode ser lavado, que não adquire dobras permanentes e que ainda permite impressões de estampas e imagens em alta resolução. Ainda assim, a impressão pode ser realizada em tecidos como cetim, TNT, lycra, kanvas, microfibra, entre outros.

Para fixar a comunicação ou a peça, é possível usar acabamentos como barras de alumínio, ilhoses ou varão.

Além disso, os painéis em tecido podem ser usados com uma retroiluminação por LED. Assim, eles tornam a mensagem mais atrativa e dão mais impacto à comunicação, mesmo que ela esteja sendo apresentada durante o dia.

Aplicações da comunicação visual em tecido

A impressão visual em tecido é bastante demandada pelo mercado de moda, cenografia e acessórios. No entanto a procura pelo uso do substrato na comunicação visual está crescendo devido ao seus benefícios.

Por ser um material muito versátil, suas aplicações são bastantes abrangentes. É possível, por exemplo, confeccionar roupas com a finalidade de merchandising, bolsas, sacolas, bandeiras e tudo mais o que a criatividade permitir.

A impressão em tecido também é bastante usada para a decoração de ambientes e de eventos. Para você ter uma ideia, ela já aparece com frequência como papel de parede em casas e escritórios. Além de permitir aplicação em móveis e demais peças de decoração.

Com isso, a comunicação visual em tecido abre oportunidades para aumentar o portfólio de produtos e diversificar o negócio. Para tanto, é essencial conhecer a fundo as técnicas de impressão e estar atento  às tendências das áreas. Assim, é possível oferecer itens altamente criativos e de grande qualidade!

Você já trabalha com a impressão em tecido? O que tem achado deste mercado? Conte para a gente nos comentários!

Fontes:

https://www.pigmentum.com.br/site/tendencias-comunicacao-visual/
https://blogserilon.com/2017/10/23/4-razoes-para-investir-em-tecidos-para-comunicacao-visual/
https://www.easysign.com.br/impressao-de-tecido

https://www.shutterstock.com/pt/image-photo/group-twisted-colored-gauze-fabric-textile-617507069?src=9tAxmkomBsmqZNXFCgPHCA-1-13

https://www.shutterstock.com/pt/image-photo/rolls-colorful-fabric-vibrant-background-image-159232031?src=9tAxmkomBsmqZNXFCgPHCA-1-22